Não dê mancada na cama

Elas dizem quais são as piores coisas que você pode fazer na transa. E como corrigi-las!

Um guia dos erros mais comuns que os homens cometem na cama. Acompanhado, é claro, de gentis correções de nossa colaboradora

Sabe aquelas listas de boas maneiras colocadas em piscinas públicas? Não urine na água, não entre antes de passar na ducha, não vomite o medalhão de filé e a garrafa de cabernet franc no nosso novo sistema de filtragem. Juro que esta é a ultima vez que comparo minha vagina com uma piscina pública, mas sempre pensei em como seria ótimo afixar algo parecido nas paredes do meu quarto.

Veja, eu adoro que você adore fazer sexo comigo, e adoro fazer sexo com você também. Mas, às vezes, você faz coisas de que não gosto. Coisas bizarras. Coisas que você acha que vão me fazer gemer de gratidão e prazer, mas que me dão vontade de virar para o lado e ligar a TV. Felizmente, esses erros geralmente não ocorrem por falta de habilidade, mas por excesso de informação errada. Você pode
facilmente desaprendê-los. Lembre-se: eu provavelmente conheço melhor o que gosto do que você. E, se eu tivesse um aviso de quarto, o conteúdo poderia ser assim:

NÃO PERGUNTE “DO QUE VOCÊ GOSTA?” na primeira vez que fizermos sexo.É o nosso terceiro encontro. Está bem, talvez seja só o segundo, ou, quem sabe, acabamos de nos conhecer num elevador. De qualquer maneira, já estamos nos amassos. A calcinha está saindo, os olhos em chamas. Daí, você faz a pergunta e pumba!… Acabou-se a magia. Primeiro eu fico acanhada. Posso estar pronta para fazer sexo, mas não tanto para falar sobre isso! Segundo, vou me sentir pressionada a dar uma resposta provocativa, às vezes envolvendo brinquedos ou humilhação sistemática, mas aúnica coisa que consigo pensar em dizer é: “Bem, Paulo, acho que vou querer estimulação manual e oral, seguida de penetração, resultando, porúltimo, no meu orgasmo”. Finalmente, fico irritada. Você está tentando parecer sexy, selvagem, aberto para tudo? Porque, se estiver, eventualmente não vou acabar descobrindo?
O que fazer… perguntas mais tarde. Elas agitam uma relação que já está rolando sexo. Mas jogam água fria naquelas que estão começando.

NÃO ENFIE A LÍNGUA NA MINHA ORELHA. A pobre e inocente orelha (a) é um ponto semidiscreto, (b) é um buraco e (c) tem pregas. Por essas razões, ela tem sido mal definida como uma grande zona erógena. Esse é um dos grandes equívocos da história da civilização
ocidental. Há muito homem agindo conforme a metáfora de que a orelha dela é um formigueiro e você, o tamanduá. Tente segurar a onda.
O que fazer… toque com jeito. Não estou dizendo para nunca tocar a orelha. Só não toque todas as vezes. A orelha deve ser beijada de leve, talvez lambida nas pontas, ou mordiscada com cuidado. Depois, pode largar.É só uma orelha.

NÃO TENTE SOCAR SEU PÊNIS SEMIDURO DENTRO DA MINHA VAGINA. Eu entendo: você espera que ele endureça mais estando lá dentro. Ou você acha que, se você agir como se estivesse tudo bem, então tudo vai estar bem. Ou talvez você esteja tratando seu pênis como um adolescente teimoso – você vai mostrar quem é que manda, e vai mandá-lo para o quarto. A única coisa mais humilhante do que enfiar um pênis flácido dentro de alguém é alguém enfiando um pênis fl ácido em você. Nesse ato infeliz, nós sentimos todo o seu medo, desespero e insegurança, concentrados bem no local onde você quer que sintamos outra coisa. Acrescente-se a isso a sensação estranha de estar ganhando um exame ginecológico de um ursinho de pelúcia.
O que fazer… qualquer coisa, menos isso. Beije. Assista a The O.C. Peça uma pizza. A menos que seja um problema recorrente, exigindo atenção médica ou psiquiátrica, não tem nada de mais. Não mesmo.

NÃO TENTE ALCANÇAR MEU CLITÓRIS se você estiver numa posição inadequada para essa conexão. Tipo quando estou claramente curtindo o que estamos fazendo. Ou, digamos, se você estiver na sala, vendo TV e eu na cozinha fritando um bife. Tal persistência não é admirável,é irritante. É ótimo você saber o quanto a estimulação clitorianaé importante. Agora, você também precisa saber que se
não for feita direito – isso inclui ângulo, pressão e movimentos certos –, não é agradável e pode até machucar.
O que fazer… uma pergunta. Uma boa ajuda pode ser pegar a mão dela e dizer: “Me mostre o que você gosta aqui”. Daí você pode seguir o movimento da mão dela ou ela pode guiar a sua até você captar a idéia. Em certas posições, uma mulher simplesmente não quer ter o clitóris estimulado ou prefere dar conta do recado sozinha.

NÃO RASPE OS PÊLOS ESCROTAIS. Fazer sexo com um cara que raspa o saco é como andar a cavalo sobre uma sela de cacos de vidro. Se quiser raspar, faça regularmente. Quer dizer, a cada meia hora.
O que fazer… aceitar a sua condição peluda. A menos que você arranje uma solução mais digna – e elas são caras –, tente aceitar os pêlos do seu corpo. Você é homem. Seu tatara-tatara etc- avô era um gorila. Ninguém está culpando você.

NÃO TENHA UM COLAPSO NERVOSO por ter ejaculado muito depressa, perdido a ereção ou não ter conseguido uma. Um pênis temperamental, ocasionalmente, não é motivo para alarme – mas um cara pirando por causa disso é. (Se você tratar o assunto como
uma catástrofe, vamos começar a achar que é uma catástrofe, algo com que devemos nos preocupar.) Inversamente, também não é uma boa idéia agir como se nada tivesse acontecido, porque, bem, isso não convence.
O que fazer… reconhecer e lançar mão do bom humor. O cara que diz “Nossa, só costumo levar cinco segundos; isso é um recorde” ou “Acho que as superpílulas antiereção que comprei na internet estão funcionando” é o tipo de cara que nos faz querer tentar de novo. Mais tarde. Depois de um filme. E, possivelmente, de um sanduíche de frango.

Anúncios

Sobre escatambulo
Geminiano, Concurseiro, faço blogs para para divertir e ajudar as pessoas a realizar seus sonhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: