CONCURSO PÚBLICO

– A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO PELO CANDIDATO

O concurseiro deve começar a estudar para as provas o quanto antes.

Desde o ensino médio é possível ir se preparando, ainda que não tenha idade para tanto. Quando chegar à maioridade praticamente estará pronto e passará com certa facilidade.

Na universidade é a mesma situação, pois os professores podem esclarecer sobre algum ponto do edital, o que é muito importante na preparação, além, também, dos alunos poderem formar grupos de estudo específicos para concursos.

Mas ainda que essas oportunidades não foram aproveitadas, o candidato não deve esperar mais nada e iniciar imediatamente.

Por isso, o planejamento é a base do sucesso.

Nada que é feito para surtir algum resultado positivo deixa de lado o planejamento.

No planejamento o concurseiro estabelece e sabe quanto tempo ele tem disponível por dia para estudar, quais as matérias do dia, quais materiais (livros, apostilas, cadernos, fichas) que utilizará, descanso e lazer apropriados e rendimento do estudo, além de outras situações pessoais próprias.

E como o concurseiro deve definir o método de estudo?

Cada candidato, e as pessoas de um modo geral são assim, tem um canal de aprendizagem mais evoluído ou propício para sua aprendizagem. Tem pessoas que aprendem mais ouvindo, outras vendo e outras praticando.

Um bom método é aquele que consegue agregar todos eles, privilegiando a melhor forma de aprendizagem, mesmo porque, todos aprendemos por esses referidos canais, ainda que um deles seja mais incidente.

Mas um aspecto importante do método de estudo refere-se às anotações eficazes. Essas anotações propiciam que o candidato reduza seu volume de material de estudo, de forma que possa até acompanhá-lo em vários locais, não permitindo que se perca tempo, além, também, de proporcionarem a revisão e repetição constantes.

As anotações eficazes consistem em sublinhar textos (reduzindo-os para uma síntese), resumir (por meio de palavras próprias) e esquematizar (chaves – quadro sinótico – e mapas mentais).

Entre os métodos eficazes está também a elaboração de questionário, com perguntas e respostas, tendo inclusive o objetivo do candidato de se imaginar na condição de examinador e prevendo o que poderia este perguntar sobre a matéria.

Lembre-se: somente no dicionário é que aprovação vem antes de estudo e planejamento. Na vida real, ela com certeza vem depois.

Por isso, planeje e terá sucesso.

via concurseiro

Anúncios

Sobre escatambulo
Geminiano, Concurseiro, faço blogs para para divertir e ajudar as pessoas a realizar seus sonhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: